Ano novo, Emprego novo!

O ano novo mal começou e muitas pessoas já renovaram suas esperanças de conseguir um novo emprego. Seja para recolocação no mercado de trabalho, mudança de cargos ou até mesmo de empresas.

Ano novo, Emprego novo!

O ano novo mal começou e muitas pessoas já renovaram suas esperanças de conseguir um novo emprego. Seja para recolocação no mercado de trabalho, mudança de cargos ou até mesmo de empresas. Mas o que você precisa fazer para conseguir a tão sonhada vaga de emprego?

Claramente, uma vaga no mercado de trabalho, foi um dos pedidos mais recorrentes que as pessoas fizeram na passagem do ano, tendo em vista a crise econômica-política que vem assolando o nosso país nos últimos anos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2017), a taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,4% até setembro do ano passado, que representa 12,961 milhões de desempregados. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua Mensal. Porém, mesmo com números tão alarmantes, muitos economistas preveem um tímido aumento na taxa de empregabilidade para este ano. Conforme o economista José Márcio Camargo, chefe da Opus Investimentos, “o desemprego vai cair a 8,5% em 2018”. Ele acredita que um dos fatores decisivos para isto acontecer, será a reforma trabalhista.

Se você quer um novo emprego, listei cinco (05) dicas que irão ajudá-lo (a):

  1. Tempo de planejamento: Certamente se está desempregado (a), você possui muito tempo livre. Porém, é preciso não encarar este período como “férias prolongadas”, mas deve utilizá-lo ao seu favor. Você pode refletir sobre os motivos que fizeram sair do seu último emprego ou quais qualificações irá precisar para concorrer a uma nova vaga de trabalho.
  2. Reavalie seu Currículo: Não se pode procurar um emprego novo, com um currículo velho! Antes de sair espalhando seus currículos por aí, é importante que você faça uma análise deste documento que é o seu primeiro contato com a futura empresa em que irá trabalhar. Procure colocar no objetivo do currículo, à vaga a qual você deseja concorrer. Mantenha endereço, telefones e e-mails sempre atualizados. Informe os seus três (03) últimos empregos em que trabalhou (por ordem do mais recente ao mais antigo). Lembre-se de listar também os seus cursos de qualificação.
  3. Formação Profissional: Aproveite este período para investir em sua carreira. Busque cursos para atualização de sua profissão, mesmo que já tenha anos de experiência de atuação na área. Lembre-se que o mercado está em constante movimento e aqueles (as) que não conseguem adaptar-se às mudanças, possuem grandes chances de permanecer no desemprego!
  4. Use sua Networking: Você já deve ter ouvido falar nesta palavra em inglês, que é muito utilizada no mundo dos negócios, a qual representa à sua rede de contatos, ou seja, às pessoas que você conhece e que podem ajudá-lo (a) a voltar ao mercado de trabalho. Faça uma lista das possíveis pessoas que podem indicar você para um novo emprego. Não seja orgulhoso (a). Peça ajuda a parentes, amigos e conhecidos.
  5. Cadastro virtual: Além de entregar seu currículo físico, é importante fazer seu cadastro diretamente nos sites das empresas (no campo “Trabalhe Conosco”) ou enviar via e-mail. Lembre-se também de fazer o seu cadastro no Serviço Nacional de Empregos - SINE de seu estado (pode fazer via internet de forma rápida e gratuita), além de procurar os sites de empregabilidade e os de agências de empregos (RH) de sua cidade.

Espero que essas dicas possam ajudar você a conquistar o tão sonhado emprego em 2018!

REFERÊNCIAS:

CAXITO, Fabiano de Andrade. Recrutamento e Seleção de Pessoas. Curitiba: IESDE Brasil S.A, 2007. 

ÉPOCA NEGÓCIOS, site oficial. Brasil tem 12,961 milhões de desempregados, diz IBGE. < Disponivel nesse link >. Acesso em: 03. JAN. 2018.

SERVIÇO NACIONAL DE EMPREGOS – SINE/AM, site oficial. Disponível em: < Disponivel nesse link >. Acesso em: 03. JAN. 2018.

TIMÓTEO, Antônio. "Desemprego vai cair a 8,5% em 2018", diz economista José Márcio Camargo. Disponível em: < Disponivel nesse link >. Acesso em: 02. JAN. 2018.